budoptiPode parecer que não há nada que as ligue, mas se olharmos para a publicidade veremos que não é bem assim. Optimus, Budweiser e Nextel têm em comum campanhas publicitárias cuja banda sonora é a música "All Together Now", dos Beatles. E se no caso da Nextel a história do anúncio é bem diferente, o mesmo não poderá ser dito dos anúncios da Budweiser e da Optimus (ver vídeos em baixo) em que música e histórias são semelhantes. E são estas as críticas que têm sido feitas nas redes sociais visando o mais recente anúncio da Optimus que arrancou ontem e que pretende apresentar a nova assinatura da empresa de telecomunicações do universo Sonae: ‘O que nos liga é Optimus'.

Pedro Graça, director-geral da agência de publicidade responsável pela campanha, a Euro RSCG, defende, em declarações à Marketeer, que «a única semelhança entre a campanha da Optimus e a da Budweiser é a música». E, desvalorizando esse facto, diz que «foram seguramente feitas mais de 100 campanhas com a música What a Wonderful World, de Louis Armstrong».

A direcção de Comunicação Institucional da Optimus comenta que a música "All Together Now" é «muito marcante, transversal a todas as idades, muito positiva, e nessa medida é natural que seja usada por marcas de vários sectores na sua comunicação. Inclusivamente, o facto de ser uma música dos anos 60, dos the Beatles, torna essa utilização ainda mais provável».

Segundo o responsável da Euro RSCG «a música marca um tom e nós quisémos contaminar a Optimus com esse tom». A direcção de Comunicação Institucional da Optimus acrescenta: «O filme conta uma história de contágio, de pessoas que vivem o seu dia e que, de forma espontânea, até mesmo sem se darem conta, cantarolam ou cantam a plenos pulmões esta música contagiante e feliz.» Segundo a marca esta é «uma história de contágio positivo», daí que não vejam o que tenha em comum com o filme da Budweiser que, dizem, «conta a história da letra através de quadros sucessivos vistos de um comboio». A direcção de Comunicação Institucional da Optimus acredita que no filme da Budweiser «não há contágio, nem ligação entre os personagens, o que é totalmente o contrário do filme da Optimus». Resumindo, a Optimus acha que «em comum estes anúncios têm apenas a música, e o facto da mesma ter um papel no filme».

Campanha da Nextel

Campanha da Budweiser

Campanha da Optimus

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*