Junho 2014
Tema de Capa
  • A geografia da comunicação mudou e os jornais digitais estão em todo o lado, em diferentes suportes, à distância de um clique. Ricardo Costa, do “Expresso” diário, e David Dinis, do “Observador”, não têm qualquer dúvida que este é o caminho e que será por aqui que se trilharão os próximos anos da imprensa, conforme entrevista publicada nesta edição. Também por um processo de mudança deverá passar outro meio, a televisão. Numa conversa aberta organizada pela Marketeer, José Eduardo Moniz mostrou-se peremptório: a televisão aberta não irá morrer mas terá que se reciclar. E hoje, independentemente de se gostar ou não do modelo, se não fossem as chamadas de valor acrescentado provavelmente as estações generalistas já não existiam. Depois dos jornais, a TV será então dos próximos meios a ter que reagir à mudança de paradigmas e comportamentos dos consumidores. Pelo meio, por que caminhos se fará o caminho da rádio?
Editorial 
  • Ricardo Florêncio Bom e barato?

Pessoas 

  • «A Nos é uma marca para o futuro...», Hugo Figueiredo, director de Marketing da Nos
  • B.I. Ricardo Acevedo, director-geral do Ritz Lisboa

 

Casos

  • Caso de Sucesso: InnoWave – Onda de resultados
  • Da banca para o gin
  • Firmo: Firmeza no mercado papeleiro
  • UAVision: A voar pelo Mundo
  • Empreendedorismo: Fim aos erros na medicação

Estratégias 

  • «Somos o casamento perfeito entre duas gigantes», Laura Burdese, CEO da Calvin Klein Watches & Jewelry
  • Gallo canta no pódio mundial
  • Kérastase, 50 anos de inovação

 

Estudos

  • Os novos profilers

 

Comunicação

  • Pub à Lupa
  • A campanha da minha vida...

Lifestyle

  • Hotel Imani
  • ishoes
  • Na vitrine

Cadernos Especiais

  • Festivais de Verão
  • Mundial de Futebol
  • Saúde
Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*