A agência que quer beijar as marcas

Três ex-Ativism juntaram-se e fundaram a agência mais “beijoqueira” do mercado português. Apostam em ideias que façam a diferença e gerem impacto. E, no limite, querem que os seus beijos possam ser dados, um dia, pela Europa fora e pelo Médio Oriente

Texto de Mª João Vieira Pinto

Chama-se Kiss e é das mais recentes agências no mercado português. António Fuzeta da Ponte, Paulo Afonso e Pedro Batalha são os nomes que dão rosto a um projecto que quer “beijar” as marcas. No fundo, desenvolver ideias simples mas com impacto.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Junho de 2016 da revista Marketeer.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

CAPTCHA

*

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.