Setembro 2016

Tema de Capa

Negócios que jogam Pokémon 

Lançado oficialmente a 6 de Julho, o Pokémon Go atingiu os 10 milhões de downloads na primeira semana, tornando-se na app mais utilizada e mais popular do universo mobile. E também a mais proveitosa. O Pokémon Go alcançou 180 milhões de euros em facturação no primeiro mês. Resultados impressionantes, tendo em conta que não houve investimento em marketing e que o passa-palavra foi o modo de viralização do jogo.

Há quem goste e quem odeie, como em tudo. Mas toda a gente já ouviu falar. E muitas marcas, em Portugal e no mundo, quiseram colar-se à caça que ocupa por estes dias os consumidores, seja através de passatempos, concursos, actividades ou encontros. Por cá, entre as mais concorridas estão as acções desenvolvidas por marcas como Continente, SEA LIFE ou Sport Zone para atrair mais clientes ou visitantes aos seus espaços. Porque se este é um jogo que está a tirar muitas pessoas de casa, também ajudará a levá-las a espaços comerciais e de lazer.

Editorial

M.ª João Vieira Pinto | Na era da experiência

Pessoas

Ninguém vive a vida comercial sem criar inimizades, entrevista a Ricardo Monteiro, presidente global da Havas Worldwide

BI Filipe Novais, director-geral da Astellas

Casos

Os milhões aos molhos da Mendes Gonçalves

b∙joy: a marca das clutches alegres

Como a produtora de mobiliário WoodOne deu a volta

Nau - Retomar o caminho

Já conhece o Sofar Sounds? O evento musical mais intimista?

Óculos Fora arriscam em nome próprio

Estratégias

Big brother is... monetizing you!

Sabe gerir uma marca de luxo?

Pára tudo! Vem aí a VFNO

Estudos

Brand Love: um amor que marca

Comunicação

Pub à Lupa por Tiago Viegas

Zippy – Regresso à infância

O que é uma marca esférica?

Campanha da minha vida por Nuno Duarte, Milford

Lifestyle

Cascade Resort + Cento e Quatroº + Hyundai Tucson + Na vitrine + Gadgets

Cadernos Especiais

Regresso às Aulas + Omnicanal + Desportos de Mar + Ciclismo + Quem é Quem Farmacêuticas

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*