Sabe o que é o “Efeito Farfetch”?

Para compreender o segredo da Farfetch, a própria empresa decidiu estudar as sensações dos colaboradores com a ajuda do neurocientista Francisco Marques Teixeira. Durante várias semanas, foi medido o nível de envolvimento, euforia, interesse, descontracção e stress de um grupo de funcionários da startup portuguesa, até chegar a uma medida comum que apelidaram de “Efeito Farfetch”.

A partir daí, tentaram recriar o efeito através de experiências tão diferentes como saltar para uma piscina de algodão doce, saltar num trampolim e brincar com cachorros. A ideia da Farfetch é provar que para quem trabalhar na empresa de e-commerce, aquilo que sentem quando fazem qualquer uma destas actividades, associadas a momentos de diversão, é igual ao que sentem quando estão a desempenhar as suas funções na startup.

Tudo isto é demonstrado no filme “Touch the Impossible”, assinado pelo criativo Hugo Veiga num projecto da AQKA com realização de Augusto Fraga. O elenco é composto não por actores mas por trabalhadores reais da Farfetch e ainda amigos e familiares, também eles reais.

Hugo Veiga, a trabalhar em São Paulo, explica que no processo de investigação, ainda antes de terem chegado à ideia final, fizerem entrevistas a várias pessoas que trabalham ou já trabalharam na Farfetch: «Surpreendeu-nos a espontaneidade e a autenticidade das suas respostas. Todos sem excepção demonstraram estar efectivamente apaixonados pelo que fazem, salientando o espírito de família. Lembro-me de um colaborador que nos disse que, mais do que felicidade, ele sentia adrenalina no seu trabalho na Farfetch.»

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*