Dezembro de 2016

Tema de Capa

Um mercado que não é brincadeira

O mercado de brinquedos continua a apresentar um crescimento bastante positivo. Analisando os últimos 12 meses (Out15-Set16), o mercado apresenta uma tendência positiva de 16% (valor) e de 12% (unidades), em comparação com igual período do ano anterior, de acordo com os dados da GfK Portugal. Em termos de dimensão, falamos de um mercado que atingiu aproximadamente os 190 milhões de euros em termos anuais e que tem uma concentração muito forte no último trimestre do ano, que representa mais de 60% das vendas.

Nesta edição, procuramos perceber como é que alguns dos principais players se têm movido neste tabuleiro, como se têm adaptado às tendências do mercado, e como se comportam os brinquedos tradicionais e icónicos em comparação com as últimas novidades. Concentra, Lego, Majora, Mattel e Science4you são os casos ilustrados.

Editorial

Ricardo Florêncio | A agonia da comunicação social!

Pessoas

«Expandir é a palavra de ordem», entrevista a Vasco Simões, CEO do Intermarché em Portugal

B.I. Miguel Figueiredo

Começar o dia com... Inês Lima

Casos

Sucesso: Feedzai – Por um e-commerce mais seguro

Dar sal à vida, entrevista a Jorge Raiado, fundador da Salmarim

RealFevr convoca treinadores de bancada

Quando os clássicos se reinventam... isso é Freakloset!

Todos para a Mèzë!

Marcas estão mais pop-up

Estratégias

Qual a sua marca própria preferida?

«Temos uma ligação próxima com a restauração», entrevista a Walter Cramer, director regional internacional da Laurent-Perrier

Estudos

Marcas automóveis renovam comunicação

Comunicação

Pub à Lupa Por Susana Albuquerque

For Her

Oportunidades de ouro

A campanha da minha vida

Lifestyle

Santa Bárbara Lodge + Mazda CX-3 + Gadgets + Na vitrine

Cadernos Especiais

Vinhos & Azeites + Sustentabilidade e Responsabilidade Social

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*