Disney cancela acordo com PewDiePie

A exibição regular de conteúdos potencialmente discriminatórios está na origem do fim do acordo estabelecido entre PewDiePie e a produtora de vídeo Maker Studios, detida pela Disney. Nos últimos meses, o youtuber sueco, cujo nome real é Felix Kjellberg, integrou nos seus vídeos imagens e referências anti-semíticas e de apoio a Hitler, levando o estúdio a cortar relações com o seu canal.

«Embora o Felix tenha criado uma comunidade de seguidores ao ser provocador e irreverente, ele foi claramente longe de mais neste caso e os vídeos resultantes são inapropriados», afirma um porta-voz da Maker Studios, citado pelo The Wall Street Journal.

PewDiePie, porém, garante que não pretendia fazer qualquer tipo de comentário político e que se tratava apenas de uma piada, em qualquer um dos casos. Numa publicação no seu Tumblr, lamenta que possa ter ofendido alguém e assegura que prepara os seus vídeos tendo em conta a audiência que o segue.

Segundo o The Verge, três vídeos do youtuber foram removidos pelo próprio depois de a polémica se tornar pública. A mesma publicação indica que a Google retirou os seus anúncios de um dos vídeos (publicado a 11 de Janeiro) um dia após ter sido publicado mas permitiu que outras marcas continuassem a anunciar.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*