Vinho Invisível da Ervideira está de volta

A oitava edição do vinho Invisível da Ervideira foi apresentada no sábado, mantendo a tradição de lançar este produto no Dia das Mentiras. Segundo a marca, a data escolhida não é sinal de que o vinho Invisível seja mentira: «A tradição do seu lançamento a 1 de Abril tem a sua razão pelo simples facto de estarmos a produzir um vinho cuja casta é originalmente associada a vinhos tintos e nós apresentamo-la com “o rótulo” de vinho branco», explica Duarte Leal da Costa, director executivo da Ervideira, em comunicado.

Para tornar este vinho especial possível, a Ervideira recorre a uma tecnologia de frio, que começa com a colheita à noite para evitar a oxidação e fermentação. Depois, o mosto é imediatamente separado das películas para que não obtenha cor e transportado em camião frigorífico até à adega. É aqui que vai decantar durante 24 horas a muito baixas temperaturas. Os passos finais incluem a adição de leveduras seleccionadas e um estágio em cubas de inox durante cerca de seis meses.

«Estamos a falar de um vinho inovador no sector, que tem tido uma adesão fantástica ao longo das suas diferentes edições e nos mais diversos mercados, tanto nacional como internacionais», conclui o mesmo responsável.

A nova edição do vinho Invisível conta com 60 mil garrafas, tendo sido vendidas 16 mil logo na primeira semana de pré-lançamento. Em Julho, tal como aconteceu no ano passado, a Ervideira prevê que esteja esgotado.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*