Garrett McNamara quis carregar a bandeira de Portugal

Há seis anos, o “furacão” GMac passou pela Nazaré e tudo mudou. A fotografia, que mostra McNamara em cima de uma onda recordista de 24 metros, colocou a vila piscatória e o País nas bocas do mundo. Mas ainda falta criar uma estratégia concertada para o surf nacional, defende o surfista

Texto de Daniel Almeida

Foto de Paulo Alexandrino

Em Novembro de 2011, o norte-americano Garrett McNamara entrou para o livro do Guinness, depois de apanhar uma onda de quase 24 metros na Praia do Norte, Nazaré. Porém, o surfista não foi à Nazaré por acaso. Por detrás está um trabalho estratégico de promoção, construção de notoriedade e alavancagem do destino a nível mundial, que começou a ser trabalhado ainda em 2006.

Para ler o artigo na íntegra (que faz parte de um trabalho mais alargado) consulte a edição de Maio de 2017 da revista Marketeer.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*