Isto é muito mais que ténis

101 marcas envolvidas e um total de 41,695 espectadores em 2017. Os números são do Millennium Estoril Open que está a recuperar a aura de outros tempos. Mas a organização quer mais ainda e promete continuar a fazer diferente

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Foto de Pedro Simões

João Zilhão foi, ao longo de 12 anos anos, director de torneio nos tempos em que o Estoril Open tinha organização de João Lagos. Agora, e desde 2015 à frente do mesmo, tem dificuldade em enumerar todas as funções que chamou a si. Juntamente com os dois sócios, Van Veggel e a Polaris de Jorge Mendes, prometeu dar a volta a um torneio que o ATP e o próprio mercado começavam a considerar desgastado e financeiramente problemático. Começaram por limpar contas e chamar a si um leque alargado de patrocinadores e apoios. Agora, acena com alguns números que, como diz, provam que estão no bom caminho: em 2017, o Millennium Estoril Open teve um retorno global, internacional, para as marcas de 122 milhões de euros, 5 horas de transmissão em Portugal, através da RTP, e 511 horas de transmissão internacional em 59 países.

E, como diz, «isto é muito mais que ténis», quer continuar a fazer diferente e fazer melhor.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Junho de 2017 da revista Marketeer.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*