8 dicas para um takeover do Instagram

O Instagram de uma marca não tem de ser exclusivamente gerido pela mesma. Ocasionalmente, poderá ser pedido a uma figura conhecida do público para assumir o comando e partilhar momentos do seu dia com os seguidores. A isto se chama “takeover do Instagram” e Cley Williams, consultor de Marketing, tem oito dicas para garantir que é um sucesso.

Num artigo publicado no site Marketing Land, Cley Williams garante que um takeover pode ser mutuamente benéfico, assegurando mais-valias para as marcas e influenciadores convidados. Porém, não basta indicar a password da conta e esperar que tudo corra bem.

1 – Identificar os objectivos. As marcas têm de definir muito bem o que esperam obter com a parceria, podendo ir de promoção de um evento ou produto a melhoria da percepção que os utilizadores têm da insígnia;

2 – Escolher o influenciador certo. Identificados os objectivos, está na hora de seleccionar a figura pública que melhor responderá ao pretendido. Por se tratar de um takeover ao Instagram, não é preciso que seja alguém conhecido do grande público, como um actor de televisão. Poderá ser um instagrammer, por exemplo, desde que tenha uma base de seguidores online de grande dimensão e que faça sucesso junto do público-alvo da marca;

3 – Identificar o tipo de takeover. Perante o número cada vez maior de ferramentas que o Instagram disponibiliza, o takeover pode ir desde a publicação de imagens a transmissões em directo e partilha de stories;

4 – Estabelecer uma agenda. É importante, desde o início, indicar qual a duração pretendida. O takeover pode ser de apenas 24 horas ou de uma semana, por exemplo;

5 – Usar hashtags. As marcas podem optar por criar uma hashtag específica para o takeover, incentivando o influenciador escolhido a utilizá-la sempre que publicar algo ou responder a comentários de utilizadores. Desta forma, poderá ser mais fácil monitorizar o impacto e sucesso da campanha;

6 – Promover o takeover. Se ninguém souber que o takeover vai acontecer, apenas os seguidores regulares serão impactados, em princípio. Por isso, poderá ser boa ideia anunciar e promover a campanha, criando buzz antecipado em torno da mesma;

7 – Promover o takeover noutras redes sociais. Além de divulgar a iniciativa perante a audiência da marca, também será importante promovê-la noutras redes sociais e plataformas. Facebook, Twitter e Snapchat são outros locais onde se podem ir buscar seguidores para o takeover;

8 – Medir resultados. Assim que o takeover terminar, o trabalho não está acabado. A marca deve analisar todos os dados que conseguir para perceber se a campanha resultou ou não e se será boa ideia repetir.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentários

  1. Maislikes
    12/07/2017 at 08:02

    Excelente artigo, muita informação que desconhecia que poderá ser bastante útil para o marketing nas redes sociais.

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*