Julho 2017

Tema de Capa

O futuro da Experiência do Cliente

A Guerra da Experiência do Cliente representa um choque de conveniência incentivado pela tecnologia, por meios de comunicação gratuitos e por distracções inesgotáveis. Talvez tenham percebido isso enquanto estavam no trânsito atrás de um automóvel com Adaptive Cruise Control. Vêem o seu condutor entorpecido ao volante – provavelmente a ouvir um podcast – e compreendem: vivemos noutra era. O trânsito move-se lentamente, mas a informação é tão rápida que um produto do Kickstarter é plagiado e produzido em Shenzen, antes de a sua campanha receber os fundos necessários. Entretanto, a Vice cria kits de refeições e produz cerveja, as cervejarias abrem hotéis, os hotéis lançam vestuário de design e as marcas de vestuário vendem tijolos, pedras e passes do metro.

Não é possível ficar a ver a guerra pela experiência do cliente nas bancadas. Nenhuma marca está a salvo. Está na altura de saber as regras do jogo…

Editorial

Maria João Vieira Pinto | Até quando?

Pessoas

Liderar uma nova era da publicidade, entrevista a Nadav Perry, head of Brand Products da Google EMEA

Começar o dia com... Inês Drummond Borges

B.I. Inês Rodrigues Moura

Casos

Sucesso: Dr. Bayard – O que (ainda) é bom para a tosse

Bambu pelo mundo fora

Crowdfunding de Lisboa para Lisboa

Estratégias

Kaffa com nova imagem para crescer

Banca: Fintech são oportunidade de renovação

Já conhece a YUMI?

Sumol também é... Paez!

Topázio: orgulho de usar prata

Urbanmint quer divulgar e consolidar

Estudos

Marketing e sustentabilidade: um imperativo

Comunicação

Pub à Lupa por Pedro Pires

Acessibilidade inspira Nespresso

TorkeCC: pelas marcas, co-criar

A campanha da minha vida... por Pedro Patrício

Lifestyle

SEAT Ibiza + Na vitrine + Gadgets

Cadernos Especiais

Vinhos e Azeites + Marcas no Futebol + Gestão de Frotas

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*