O iPhone mais caro de sempre

Os rumores circulavam na imprensa internacional há já alguns dias, mas agora é oficial: o novo equipamento super premium da Apple vai chamar-se mesmo iPhone X (na verdade, lê-se iPhone "ten", diz a marca). Na apresentação, que decorreu com pompa e circunstância no novo campus da Apple, na Califórnia, foram confirmados outros rumores, como o desaparecimento do botão “Home” ou o aumento da área útil do ecrã. No mercado português, o iPhone X pode custar até 1.359 euros (na versão 256 GB).

O novo ecrã Super Retina HD de 5,8 polegadas apresenta a maior área útil de todos os smartphones Apple (o iPhone 7 Plus tem 5,5 polegadas), uma vez que o ecrã estende-se praticamente por toda a parte frontal do equipamento, excepção feita à área reservada à câmara frontal. Com o iPhone X, a Apple decidiu avançar para um ecrã OLED (fornecido pela rival Samsung), o que ajuda a explicar o elevado preço do equipamento.

Na ausência de um botão “Home”, será preciso deslizar o dedo de baixo para cima para aceder ao painel principal ou pressionar para ver as apps que estão abertas.

Ao contrário dos seus antecessores (desde o iPhone 5S, lançado em 2013), o iPhone X não será desbloqueado através da impressão digital do utilizador, mas sim com recurso a tecnologia de reconhecimento facial em 3D. De acordo com a Apple, o FaceID recorre à câmara TrueDepth que projecta e analisa mais de 30 mil pontos invisíveis para criar um “mapa” do rosto do utilizador. Assim, bastará olhar para o telemóvel para este “acordar” - mesmo que esteja no escuro. A mesma tecnologia poderá vir a ser usada para autenticar pagamentos.

Entre outros avanços tecnológicos anunciados pela Apple, podemos contar ainda o novo processador A11 Bionic (até 70% mais rápido que o A10 Fusion), a tecnologia de carregamento wireless Qi que permitirá, pela primeira vez, carregar um iPhone sem fios (por indução), ou as duas câmaras traseiras de 12MP com sensor óptico. Segundo a marca da maçã, a bateria do novo equipamento terá até mais duas horas de autonomia em relação ao iPhone 7.

Há, no entanto, uma novidade, em particular, que está a fazer furor nas redes sociais: os Animojis. Mais uma vez recorrendo à tecnologia de reconhecimento facial em tempo real presente na câmara frontal de 7MP, o iPhone X permitirá criar emojis animados, isto é, capazes de reproduzir os movimentos do rosto do utilizador. Ao todo, serão disponibilizados 12 Animojis, que poderão ser enviados por mensagem, por exemplo.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*