Happy Code é sinónimo de programação para crianças

Consegue imaginar crianças a irem felizes ter aulas? Pois é, acontece. A Happy Code está a criar competências únicas nas crianças e jovens, que são essenciais para o seu presente e, principalmente, para o seu futuro

Texto de Maria João Lima

A ideia de lançar uma escola de programação para crianças e jovens surgiu há cerca de dois anos, quando Pedro Teixeira procurou, a título pessoal, algo desse género para o seu filho, que na altura tinha 11 anos. A Happy Code abriu a primeira escola em Fevereiro do corrente ano, em Lisboa (Campo de Ourique).

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Setembro de 2017 da revista Marketeer.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*