Óleo de argão da ZAD parte de Portugal para o mundo

A partir de Lisboa, o marroquino Mehdi Addag está a estender a sua ZAD a vários destinos. Uma marca à base de óleo de argão que funde a tradição das mulheres berberes com as novas tecnologias, que em três anos conquistou mercados como EUA, Canadá ou França e teve uma facturação total de cerca de três milhões de euros.

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Há quem não dispense usá-lo todos os dias e quem lhe chame o “ouro líquido” marroquino. Com passos de lã, sem grandes campanhas ou acções de marca, o óleo de argão está a conquistar consumidores de todo o mundo.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Janeiro de 2018 da revista Marketeer.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*