Fevereiro de 2018

Tema de Capa

Há anónimos digitais a influenciar multidões

O digital é, hoje, uma autêntica maternidade de novos influenciadores, pessoas que, através da criação de conteúdos multimédia, constroem audiências de seguidores e são recompensadas em função das visualizações. Há alguns que, mesmo não tendo audiências de milhões, impactam os públicos de forma eficaz, influenciando gostos, interesses e opiniões. Chamam-se microinfluenciadores, mas de micro pouco têm. As marcas já perceberam o seu potencial e procuram chegar até eles, com o intuito de criar conteúdos direccionados às suas audiências. Pelo caminho, começaram a surgir agências de marketing de influência, que têm como missão ajudá-los a maximizar resultados, aumentar bases de fãs e monetizar as suas páginas. Conheça os casos das agências de marketing de influência Cheese Me e Milenar e dos microinfluenciadores Alice Trewinnard, Bruno Salgueiro, Hugo Suíssas e José Lourenço. Já os segue?

Editorial

Já faz marketing de influência? | M.ª João Vieira Pinto

Pessoas

«Daqui a cinco anos, teremos outro Grupo Pestana», entrevista a José Roquette, Chief Development Officer do Pestana Hotel Group

B.I. Tiago Melo

Casos

O palco do futebol

Sabe de onde vem o seu peixe?

Conhece o grupo da Espumantaria?

Potenciar o som de Hollywood

A little bit of Mambo...

Wonder laces!

Estratégias

A aposta do Grupo Calzedonia em Portugal

Foco na customer experience

Ganhar para investir em negócios sociais

Estudos

Diálogos (im)prováveis entre a estética e a gestão. Ou até onde a arte nos pode ajudar…

Figuras públicas e marcas em Portugal

Comunicação

Do monólogo ao diálogo

A felicidade mora aqui

A Campanha da minha vida  Por Daniel Palma

Lifestyle

Kanazawa + SushiCafé Avenida + Gadgets

Cadernos Especiais

Turismo + Farmacêuticas + Seguros

 

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*