Desafios dos Media

A geografia da comunicação mudou e os jornais digitais estão em todo o lado, em diferentes suportes, à distância de um clique. Ricardo Costa, do “Expresso” diário, e David Dinis, do “Observador”, não têm qualquer dúvida que este é o caminho e que será por aqui que se trilharão os próximos anos da imprensa, conforme entrevista publicada nesta edição seguintes.

Texto de Daniel Almeida, M.ª João Lima e M.ª João Vieira Pinto

Também por um processo de mudança deverá passar outro meio, a televisão. Numa conversa aberta organizada pela Marketeer, José Eduardo Moniz mostrou-se peremptório: a televisão aberta não irá morrer mas terá que se reciclar. E hoje, independentemente de se gostar ou não do modelo, se não fossem as chamadas de valor acrescentado provavelmente as estações generalistas já não existiam. Depois dos jornais, a TV será então dos próximos meios a ter que reagir à mudança de paradigmas e comportamentos dos consumidores. Pelo meio, por que caminhos se fará o caminho da rádio?

Para ler o texto na íntegra, consulte a edição de Junho de 2014 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...