004 já não é só Design, diz o novo director criativo João Gomes de Almeida

O estúdio de design Atelier 004 deixou cair a palavra “atelier” do seu nome e juntou novas áreas de intervenção à sua oferta, bem como um novo director criativo. João Gomes de Almeida assume o leme da nova 004, agência criativa de serviço integrado, e guia a Marketeer pelas mudanças.

«A 004 era até hoje um dos melhores, mais experientes e mais premiados estúdios de design de Portugal. Convém lembrar o sucesso que a revista Egoísta tem tido em todo o mundo, por exemplo. Como em equipa vencedora não se mexe, tudo se irá manter no que ao Design diz respeito. A grande diferença é que agora ofereceremos também Publicidade, Activação e Digital. Mas isso não significa perder o sentido gourmet», conta o director criativo.

João Gomes de Almeida acrescenta que a 004 será sempre uma boutique criativa, «focada nas boas ideias, rápida na resposta, versátil, ágil e onde os clientes têm acesso directo aos decisores criativos», algo que é impensável numa agência de maior dimensão. «É como nas lojas de roupa, pode ir à Hugo Boss ou à Rosa & Teixeira, provavelmente pagará o mesmo, mas o serviço é diferente». «Somos aquilo que acreditamos que as agências do futuro serão», conclui.

João Gomes de Almeida acredita que as boutiques criativas estão na moda. O ex-director criativo da Nylon diz que um dos motivos relacionadas com essa moda é o facto de as boutiques criativas serem sinceras e genuínas naquilo que estão a vender: «Criatividade e boas ideias para as marcas.» O profissional sublinha ainda que várias grandes e médias agências «entraram num processo de esquizofrenia» que relegou a criatividade para último plano.

O papel de João Gomes de Almeida nesta mudança da 004 é colmatar as valências que faltavam do ponto de vista da Publicidade, Activação e Digital. Ainda assim, embora assuma o cargo de director criativo, o profissional garante que não deixará de ser mais um dos colaboradores da agência. «As agências não podem ter barreiras e formalismos, caso contrário transformam-se rapidamente em escritórios de advogados.»

Quanto aos primeiros trabalhos a sair desta nova direcção criativa, João Gomes de Almeida diz apenas: «Nunca na minha vida estive na publicidade para ser o segundo ou o terceiro melhor, não será certamente agora - podemos não conseguir, mas não vamos deixar de tentar.»

Texto de Filipa Almeida
Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*