Há uma incubadora a nascer no Museu da Carris

O Impact Hub e o Montepio desvendaram um novo projecto de empreendedorismo de impacto. Trata-se de uma incubadora de cariz social, localizada no Museu da Carris, em Lisboa, onde surgirão projectos que tenham um impacto relevante na sociedade.

O Impact Hub dará acesso a uma rede nacional e internacional de parceiros e recurso a programas, contando com o apoio da Caixa Económica Montepio. Gonçalo Teixeira, director-geral do Impact Hub, vinca que o principal requisito para um projecto ser integrado reside numa forte visão social.

«Pensamos de que forma um determinado projecto poderá ter impacto social. Depois capacitamos as pessoas, apostamos em eventos e networking para que os projectos eleitos possam ser uma realidade e ter um impacto na sociedade. Acima de tudo tem de se gerar valor que se reflicta na comunidade», explica Gonçalo Teixeira.

No Museu da Carris existirá um espaço com 500 metros quadrados que permitirá alojar 150 pessoas, divididas entre cowork, escritórios privados e lounge, contando ainda com salas de reuniões e uma zona para eventos. No entanto já está em vista a criação de um outro espaço com 800 metros quadrados.

Qualquer empreendedor pode fazer parte da comunidade Impact Hub Lisbon a partir de um fee mensal de 50 euros. No caso de optar por um espaço físico, os preços arrancam nos 100 euros, num espaço para uma pessoa, ascendendo até aos 400, para quatro.

«Portugal está estrategicamente posicionado para ser uma referência a nível internacional no empreendedorismo de impacto, quer devido ao seu posicionamento geográfico, reunindo assim todas as condições para ser um hub entre a Europa/África e as Américas, quer a nível de acesso à inovação. Os empreendedores portugueses são dos mais inovadores a nível mundial e, muitas vezes, o que lhes falta é um pouco de ambição, apoio e ajuda no passo de internacionalização e crescimento. É essa a diferença que queremos trazer», afirma Filipe Portela, Lead Entrepreneur do Impact Hub Lisbon.

João Lopes Raimundo, administrador da Caixa Económica Montepio Geral, explica também que «as startups dedicadas à economia social têm ainda outra valência: resolvem problemas sociais ou melhoram a forma como as sociedades se solidarizam, aos mais diferentes níveis. Por isso, há um alinhamento total entre o que é a actividade da Caixa Económica Montepio Geral e o Impact Hub». E acrescenta que esta parceria visa «apoiar a criação da Farfetch da economia social».

A incubadora arrancará dentro de algumas semanas e já conta com 60 entidades que aderiram a este conceito, 70% das quais portuguesas. Uma vez estabelecido em Lisboa, Filipe Portela refere que os objectivos apontam para a expansão do conceito em várias partes do País, prevendo-se que chegue ao Porto em 2018.

O conceito Impact Hub surgiu há 12 anos, em Londres, contando com 81 escritório pelo globo, rumando agora a Portugal. A partir do momento em que internacionalizam os projectos, os membros da comunidade podem ter acesso aos restantes espaços Impact Hub.

Texto de Rafael Paiva Reis

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...