Publicis não irá participar em festivais em 2018

O Grupo Publicis vai suspender, durante o próximo ano, a participação das suas agências, a nível global, em quaisquer prémios, competições e eventos promocionais, incluindo o festival de criatividade Cannes Lions.

Com esta decisão estratégica, o grupo pretende concentrar esforços e investimentos no desenvolvimento da sua plataforma de assistência profissional, apelidada de “Marcel”, em homenagem ao fundador da empresa, Marcel Bleustein-Blanchet. Esta plataforma recorrerá à inteligência artificial para ligar os mais de 80 mil colaboradores do grupo em 130 países, identificar oportunidades de projectos que estes queiram trabalhar nos diferentes mercados e antecipar as necessidades dos clientes do grupo através de análise preditiva, adianta a AdAge.

A plataforma será construída internamente – ainda que haja parcerias em áreas como a Inteligência Artificial - e o seu desenvolvimento deverá demorar cerca de um ano, até porque será necessário analisar toda a estrutura financeira do grupo e envolver os Recursos Humanos na inserção dos perfis de todos os colaboradores da Publicis.

O sistema «irá absorver muito do nosso tempo, dinheiro e energia», mas será importante para «transformar o grupo [Publicis] da maneira que é necessária e garantir o desenvolvimento dos nossos colaboradores», afirma Arthur Sadoun, CEO do Grupo Publicis.

Em Portugal, o Grupo Publicis detém as agências criativas Leo Burnett, Publicis e Arc, bem como as agências de meios Zenith e Starcom.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias

Comentar este artigo

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

*