Facebook corta publicidade a páginas com notícias falsas

O Facebook tem em marcha uma nova medida que visa eliminar as notícias falsas que circulam pela rede social. A partir de agora, as páginas que partilhem regularmente este tipo de conteúdos serão proibidas de adquirir publicidade no Facebook.

Rob Leathern, Product director no Facebook, conta que a plataforma tem estado a tentar colocar um ponto final ao problema através de uma estratégia assente em três eixos: acabar com o incentivo económico associado à publicação de notícias falsas; abrandar a divulgação dessas histórias; e ajudar as pessoas a tomar decisões informadas quando confrontadas com uma notícia destas.

A nova medida vai ao encontro do primeiro eixo. Ao impedir que páginas que partilham notícias falsas comprem publicidade no Facebook, a rede social está a reduzir os incentivos económicos desta prática.

Citado pelo TechCrunch, o responsável esclarece ainda que é necessário um padrão para que a página veja a compra de publicidade bloqueada – se existir apenas uma partilha de notícias falsas não haverá problema. Além disso, o bloqueio não será necessariamente permanente. Caso deixem de partilhar notícias falsas, deverão poder voltar a comprar anúncios.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...