O que têm em comum Einstein e Van Gogh?

Sabia que Albert Einstein e Leonardo Da Vinci eram disléxicos? E que Agatha Christie e Vincent Van Gogh enfrentavam o mesmo problema? A mais recente campanha da Dislex – Associação Portuguesa de Dislexia pretende mostrar que também alguns dos maiores génios da História viveram com a mesma disfunção neurológica que, actualmente, afecta 600 milhões de pessoas em todo o mundo.

A campanha de sensibilização surge no âmbito do Dia Mundial da Dislexia, assinalado já no próximo dia 10. “Disléxicos como nós” é o lema escolhido para ajudar a quebrar preconceitos relativamente às capacidades de quem tem esta perturbação. Outros nomes como Winston Churchill e Steven Spielberg também fazem parte da lista de figuras conhecidas apresentada pela associação.

Helena Serra, presidente da Dislex, avança que a acção tem como público-alvo a população em geral mas também os educadores e poder político. De acordo com a responsável, é necessário «criar métodos de ensino que ajudem estas crianças a contornar a disfunção», tendo em conta que se trata de uma condição que afecta uma em cada 10 pessoas, a nível global.

A campanha inclui a divulgação de cartazes na comunicação social e redes sociais e três vídeos. Também o site da associação será totalmente remodelado, passando a apresentar mais informação relevante e de apoio ao tema.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...