Lembra-se da campanha “Got Milk?”? Faz 25 anos

Corria o ano de 1993 quando a expressão “Got Milk?” se tornou parte do imaginário dos consumidores. Apesar de a pergunta ter surgido numa campanha norte-americana, o mundo não ficou indiferente à comunicação desenvolvida pela agência Goodby, Silverstein & Partners para o California Milk Processor Board.

Em jeito de comemoração dos 25 anos da campanha, a Fast Company conta a sua história e revela como a ideia ganhou forma. De acordo com a publicação, Jon Steel, partner na agência de publicidade que se veio a tornar responsável pelo projecto, pediu a um grupo de pessoas para que não consumisse leite durante uma semana. Depois, juntou-as numa sala e quis saber o que pensavam.

O objectivo era recolher informações sobre o consumo de leite de modo a conquistar o California Milk Processor Board, que na altura estava à procura de estratégias criativas para impulsionar as vendas. A conclusão, em traços gerais, foi simples: existia uma ligação emocional entre as pessoas do grupo de estudo e o leite e a impossibilidade de consumir este produto tinha causado desconforto.

Em vez de vender um produto, a ideia era, então, vender a ausência desse produto, mostrando a falta que pode fazer. Acabava-se a promoção do leite enquanto opção saudável que devia fazer parte da dieta. Por outro lado, dava-se início a uma campanha que coloca a tónica na forma como as bolachas, por exemplo, perdiam a graça sem leite a acompanhar.

A partir daqui, nasceu o conceito “Got Milk?”, que no prazo de duas décadas foi alargado a mais de 70 anúncios só no estado da California. Considerando todo o país, foram divulgados mais de 350 anúncios em televisão e imprensa, protagonizados por figuras públicas e até desenhos animados (caso da série “The Simpsons”).

Recomendar
  • gplus
  • pinterest