Junho de 2018

Tema de Capa

Elas querem calçar o mundo

Os sapatos portugueses já chegam hoje a mais de 150 países e continua a haver mercados com elevado potencial de crescimento. É o caso da Rússia, que só no ano passado cresceu mais de 63%, atingindo um valor de 32,5 milhões de euros. Apesar da retracção de alguns mercados europeus, a indústria portuguesa continua de boa saúde. Basta olhar para alguns números do último trimestre para se perceber que a produção voltou a crescer.

Num sector que era maioritariamente trabalhado por homens, há novas marcas a aparecer e a crescer… pela mão de mulheres. São as novas “rainhas” do calçado made in Portugal.

A Marketeer foi, por isso, à procura de histórias de sapatos no feminino, que contamos nas páginas que se seguem. Todas diferentes e com vontade de fazer diferente. Mas em comum têm, contudo, uma nota: nasceram já a olhar para o mundo e têm no digital a sua grande plataforma de comunicação. Acompanhe então os passos que estão a ser dados pela Alameda Turquesa, Balluta, DOL, Entrudo, Friendly Fire, Josefinas e Maray.

Pessoas

A sua empresa é feliz?, entrevista a Tim Leberecht, fundador da e Business Romantic Society

Casos

Foi você que pediu uma nanny?

Athleisure made in Portugal

Um par de ténis levou a Lego ao #1

Cazul dá luz à imaginação

Estratégias

O reerguer da Mike Davis

TAP nas asas do tempo

Os trabalhos do Freeport estão a dar resultados?

A marca de lifestyle de Verão

A diversidade é um combate permanente

Nestum: Fábrica de energia

Estudos

Estado do Portugal Digital

Millennials e e-Commerce: juntos à nascença?

Comunicação

Herói ou anti-herói?

É tudo uma questão de perspectiva

Must: isto não é uma feira de vinhos

Vila Galé sopra 30 velas

A campanha da minha vida

Lifestsyle

Shopping + Epur + Quinta da Esperança + Gadgets

Cadernos especiais

Marcas na Música + Marcas no Futebol + Ópticas

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...