Meo Sudoeste reorganiza recinto em nome do conforto

Uma das grandes apostas da Música no Coração para a próxima edição do Meo Sudoeste diz respeito às zonas de estar e lazer. Este ano, a área de alimentação vai estar logo à entrada do recinto; no campismo, as condições foram melhoradas tendo em consideração os festivaleiros que cozinham as suas refeições.

O Espaço Criança da Santa Casa vai ter melhores acessos, passando a morar também à entrada da Herdade da Casa Branca, e os palcos LG by Mega Hits e Moche Ring mudam de localização de modo a ocuparem espaços mais delineados. Tudo a pensar no conforto do público, segundo garante a organização em comunicado.

Destaque ainda para a animação dos chuveiros por parte da Moche, para a cozinha comunitária da Teka, para a lavandaria LG Cool Spot e para o Continente Online, que continuará a assegurar a entrega de compras no interior do recinto.

No campo da responsabilidade social, o Meo Sudoeste dará continuidade ao projecto Ecopontos Meo: quem recolher resíduos de forma voluntária poderá trocá-los brindes. Este ano, tudo acontecerá através da aplicação móvel do festival, que apresenta mais algumas novidades.

A app Meo SW será, pela primeira vez, bilingue (português e inglês). De acordo com a Meo, o público internacional representou, no ano passado, 16% do total de festivaleiros, pelo que fazia sentido esta actualização.

Em termos tecnológicos, o Meo Sudoeste terá, como já acontecia anteriormente, Wi-Fi grátis em todo o recinto, ou seja, 16 hectares de cobertura. Além disso, terá lugar no festival a primeira demonstração pré-comercial de equipamentos 5G.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias