Anúncios mobile: quais os mais eficazes?

As visualizações não são a única métrica a ter em atenção quando o objectivo é perceber o sucesso de um anúncio. Quando os conteúdos são publicados em plataformas móveis, outros factores devem ser tidos em consideração.

Um estudo da Kargo, reportado pelo ClickZ, lembra que as visualizações indicam apenas que os anúncios apareceram no ecrã no smartphone ou tablet. Não significa obrigatoriamente que o utilizador tenha visto o conteúdo ou prestado atenção, ou seja, as visualizações não revelam se o anúncio é ou não eficaz.

Segundo o estudo, os anúncios com animações são os que apresentam melhor desempenho. Pedindo a 200 pessoas para que olhassem para uma página com anúncios estáticos, animados e em vídeo, a maioria (três quartos) olhou para os animados. A justificação? Este formato parece ter o equilíbrio perfeito: não é preciso dar tanta atenção como a um vídeo mas não é tão aborrecido como um estático.

«Os consumidores não estão cegos em relação aos banners. Estão aborrecidos», indica Yoni Levy, VP managing director na Digitaland. Citada pela mesma publicação, garante que «se virmos 300 banners por dia com imagens estáticas e sem storytelling, não vamos dar atenção».

Relativamente aos anúncios em vídeo, apresentam os resultados mais paradoxais, registando níveis elevados de impacto tanto negativo como positivo. Por um lado, são vistos como os anúncios mais intrusivos e irritantes; por outro, são os mais criativos e cativantes.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias