Exportações de fruta para Espanha a caminho dos 500 milhões

Espanha é, actualmente, o maior parceiro comercial de Portugal no que diz respeito à exportações de frutas e legumes. No ano passado, as vendas para este mercado chegaram aos 450 milhões de euros, numa subida de 13,6% em relação a 2016. Agora, o objectivo é atingir os 500 milhões de euros.

«Se mantivermos o ritmo de crescimento médio anual das exportações que temos registado desde 2010, na ordem dos 10%, podemos ambicionar, muito em breve, chegar a esse montante», indica Gonçalo Santos Andrade, presidente da Portugal Fresh.

Tendo esta ambição como pano de fundo, a associação vai levar 42 empresas e organizações à Fruit Attraction, feira em Madrid onde os produtos portugueses vão ocupar mais de 500 metros quadrados.

Entre Janeiro e Julho deste ano, registou-se uma quebra de 1% nas exportações em relação ao mesmo período de 2017, mas a associação não acredita que este resultado influencie negativamente o cumprimento do objectivo estabelecido. O recuo teve por base a seca prolongada e posteriores chuvas tardias, que atrasaram o início das campanhas e prejudicaram o valor médio de venda.

Olhando para o quadro geral, Espanha representa 30,5% das exportações de frutas, legumes e flores nacionais, seguida por França (12,1%), Reino Unido (9,4%), Holanda (8,2%) e Alemanha (6,3%). Em 2017, as exportações globais aumentaram 12%, tendo alcançado os 1,4 mil milhões de euros.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias