Delta convida a beber café no Espaço

A Delta Q desvendou um novo sistema de extracção de café, o Walq, que permite o consumo das cápsulas expresso  da marca em qualquer local.

No Delta Innovation Way 2018, que decorreu no Centro Cultural de Belém, em Lisboa, o administrador do Grupo Nabeiro, Rui Miguel Nabeiro, apresentou este dispositivo móvel de extracção de cápsulas «oriundo de outra galáxia», sendo totalmente autónomo do ponto de vista de energia. Este novo sistema foi desenvolvido pelo Centro de Inovação do Grupo Nabeiro – a Diverge juntamente com a empresa 2East.

Rui Miguel Nabeiro refere que este produto permitirá à Delta caminhar para um futuro brilhante e humano. «Queremos continuar a ser pressionados para fazermos ainda mais. O nosso objectivo é encontrar novas experiências de consumo, em espectáculos, nos estádios de futebol, enquanto os clientes esperam pelos transportes…Queremos explorar novos momento de consumo e chegar a cada vez mais clientes», afirma o responsável.

Outra das novidades consiste numa barra de cereais com café, cuja dose de cafeína equivale a um expresso. O Croffee estará disponível a partir de Dezembro, nas variedades “cereais com café” e “cereais com café e chocolate negro”, tendo um valor calórico de 85 calorias. Este novo produto é o resultado de um projecto vencedor no âmbito da iniciativa Mind, da Delta.

A pensar em diferentes momentos de consumo, a Delta lançou o Go Chill, uma bebida fria de café com leite, disponível nas variantes Cappuccino, Caffe Latte e Cappucino Aveia, este último composto por uma bebida vegetal. A estratégia da marca será promovê-lo junto das universidades, a pensar nos seus alunos.

Foi também anunciado o Delta Drip Coffee, um café em saqueta, permitindo o seu consumo sem necessidade de qualquer máquina.

A pensar nos mais novos, a Delta apresentou a Q Qids, uma bebida à base de cereais com um toque de chocolate, uma aposta que chegará ao mercado no início de 2019. «Um dos valores da Delta é a partilha, sobretudo em família. Este produto permite que também as crianças possam beber um “café” com os pais depois da refeições», afirma o responsável.

A gama Chef’s Collection também tem novidades, contando agora com dois novos protagonistas. Depois de Chakall e Vítor Sobral, a Delta desvendou blends desenvolvidos pelos chefs Ljubomir Stanisic e Ricardo Costa. O primeiro caracteriza-se por notas de caramelo e frutos secos; o segundo é um expresso onde sobressaem as notas cítricas, caramelo e chocolate.

Foco na internacionalização e inovação

«A inovação e a internacionalização continuam a ser os pilares estruturantes do grupo e pretendemos continuar a criar tendências e a acrescentar valor aos vários momentos de consumo e de partilha proporcionados pelo café. Acreditamos ainda que as inovações apresentadas representam o nosso forte compromisso em adaptarmo-nos ao dia-a-dia dos clientes e consumidores», afirma Rui Miguel Nabeiro.

No âmbito da estratégia de internacionalização da Delta, Rui Miguel Nabeiro anunciou dois novos embaixadores da marca. Para o Brasil, a escolha recaiu no actor Ricardo Pereira e, para o mercado francês, a marca apostou no ex-futebolista Pedro Pauleta. Deste modo, os dois novos embaixadores irão protagonizar campanhas de comunicação nesses mercados a fim de aproximarem a marca dos consumidores Delta espalhados pelo mundo.

Quanto à evolução do negócio, Rui Miguel Nabeiro referiu que, até Setembro, a facturação do grupo cresceu 2,5%, perspectivando encerrar 2018 com um valor próximo dos 400 milhões de euros. Relativamente à Delta Q, a marca regista um crescimento de 10% no mercado português.

Texto de Rafael Paiva Reis

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...