Freakloset junta-se a Wasted Rita para colecção solidária

A nova colecção limitada e numerada da Freakloset é para quem sempre quis caminhar sobre o fogo ao mesmo tempo que contribui para uma causa solidária. Fruto de uma parceria com a ilustradora Wasted Rita, a marca portuguesa de calçado premium desenvolveu um modelo de sapatos especiais, em que a sola faz lembrar chamas.

Para os mais conservadores, também existe uma versão com sola preta. Seja qual for a escolha, existem apenas 50 exemplares, disponíveis por 350 euros, sendo que todo o lucro desta colecção reverte a favor da UMAR - União de Mulheres Alternativa e Resposta. O valor angariado terá como destino o projecto Art’themis+, cujo objectivo é alertar e consciencializar crianças e adolescentes para as causas e consequências da violência de género e da violência doméstica nas escolas.

«Assim que aceitei este convite tive a certeza de duas coisas: que as solas iriam remeter para chamas e que a associação a apoiar teria de estar ligada a questões de igualdade de género. As chamas servem para celebrar todas as mulheres zangadas, com fogo no rabo e atentas, que lutam pelos seus direitos e caminham para eliminação de estereótipos para os quais são empurradas todos os dias. Uma associação feminista era o que fazia sentido, tendo em conta este conceito», conta Wasted Rita, acrescentando que conheceu a UMAR há muitos anos, num trabalho escolar.

Para Joana Lemos, designer e fundadora da Freakloset, este era já um desejo antigo, que remonta ao lançamento da marca em 2016. Decidiu, porém, consolidar primeiro a marca e só agora avançar com uma parceria.

wasted rita e joana lemos freakloset

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias