Fidelidade vai acelerar mais três startups

A startup bracarense CRIAM foi a grande vencedora da mais recente edição do Protechting, o programa de captação e aceleração de startups, promovido pela Fidelidade e Fosun. A final decorreu ontem no Web Summit.

A CRIAM desenvolveu um dispositivo médico portátil que identifica o tipo e subtipo de sangue em três minutos, detectando depois as doenças. Representa uma nova metodologia para a fenotipagem do sangue com base num cartucho (com os reagentes específicos para o teste). A inovação valeu-lhe a distinção como a startup com o melhor modelo de negócio e um prémio monetário no valor de 10 mil euros.

Além da startup nortenha, foram distinguidas a Wall-I.TV (um sistema operativo de sinalização digital baseado em cloud) e a CopSonic (protocolo de comunicação contactless que permite segurança digital, detecção inteligente e conectividade IoT entre dispositivos electrónicos). Os três projectos vencedores foram premiados com um roadshow na China, a decorrer no mês de Dezembro, tendo acesso a alguns dos maiores investidores do mundo.

O programa Protechting foi desenhado para ajudar empreendedores a desenvolverem os seus projectos que melhorem a protecção das pessoas e do património. É promovido pela Fidelidade e Fosun, com o apoio da Luz Saúde e do banco alemão Hauck & Aufhäuser (H&A), e em parceria com a Beta-i. Desde a sua primeira edição, o programa já recebeu mais de 250 candidaturas de startups provenientes de 42 países.

Recomendar
  • gplus
  • pinterest

Outras notícias