EDP dá nome a teatro em Madrid (e vai medir aplausos)

Um dos principais teatros da capital espanhola mudou de nome. A culpa é da EDP que assume o título de naming sponsor e transforma o Teatro Gran vía em teatro EDP Gran Vía, pelo menos ao longo dos próximos três anos.

Trata-se de uma parceria com o Grupo Smedia, que detém a sala de espectáculos, e envolve também a medição da energia dos aplausos e posterior doação. De acordo com a energética portuguesa, o teatro EDP Gran Vía é o primeiro capaz de transformar a energia das emoções dos espectadores em energia eléctrica, que será partilhada mais tarde com quem mais precisa – cada companhia ou artista poderá eleger a causa ou instituição solidária a apoiar.

Na prática, os sons gerados pelo público e pelo elenco de cada espectáculo são captados e analisados por um sistema que mede os decibéis. Este sistema não só converte o som em quilowatts/hora como disponibiliza informações sobre os momentos em que os espectadores mais se emocionaram, por exemplo.

«Na EDP, definimo-nos como a ‘energia das pessoas’ e questionávamos como poderíamos recolher toda a energia que é gerada num local como um teatro e poder depois partilhá-la com o maior número de pessoas possível. Graças a este sistema inovador, cada espectador do teatro EDP Gran Vía de Madrid vai converter-se numa fonte de energia para os outros», explica Vera Pinto Pereira, administradora executiva da EDP.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...