Como vai o mercado do Marketing em Portugal?

A entrada de novos players e o crescimento do digital vão influenciar o recrutamento de profissionais da área de Marketing e Vendas ao longo dos próximos meses. Cresce a procura por perfis como e-business, trade marketing e sales analyst, mas também por gestor de categoria e product managers.

«Estas posições serão as mais recrutadas em 2019, fruto de uma maior preocupação relacionada com o ponto de venda, seja relativo a visibilidade, planos promocionais ou experiência de compra. Funções de suporte e de e-business serão cruciais para as empresas que pretendem alavancar o seu volume de vendas no digital», avança Solange Soares, team leader da Hays Portugal.

Segundo o mais recente Guia do Mercado Laboral da Hays, também os novos hábitos de consumo, como é o caso da alimentação saudável, deverão impactar o recrutamento este ano.

No que diz respeito à componente salarial, como existe uma enorme necessidade de reter e atrair talento, deverá verificar-se um aumento significativo nos salários e nos benefícios associados. Oferta salarial (87%), bom ambiente de trabalho (78%), plano de carreira (66%), cultura empresarial (59%) e qualidade de projectos (48%) são os benefícios mais valorizados pelos profissionais do Marketing em Portugal.

O que aconteceu em 2018?

O crescimento do canal Out-of-Home (OOH), os novos hábitos de consumo, a popularização das marcas de distribuidor e o dinamismo das vendas online levaram a um incremento das estruturas especializadas e ao aumento de contratações na área de Marketing e Vendas, em 2018. Também o investimento na experiência de compra e no desenvolvimento de funções como e-business foi influenciado positivamente por estes factores, segundo revela a Hays.

No ano passado, 33% dos profissionais desta área viu o ordenado aumentar e que 61% não negociou o pacote salarial. Há ainda quem tenha sido promovido (8%) e quem tenha recusado ofertas de emprego (52%).

«Apesar de termos notado um crescimento na evolução do interesse numa mudança de emprego dos profissionais de Marketing, também se notou a exigência por parte destes profissionais quando lhes era apresentado um novo projecto», comenta Solange Soares.

Por um lado, os profissionais de Marketing parecem interessados em projectos em multinacionais, funções ligadas ao desenvolvimento de novos produtos e definição de estratégias nacionais e internacionais. Por outro, não se mostram cativados por funções ligadas ao alinhamento local de guidelines.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...