Continente aposta em economia circular para o plástico

O Continente é o mais recente membro da New Plastics Economy Global Commitment, pacto internacional que visa promover uma economia circular para o plástico. A cadeia portuguesa de supermercados junta-se a governos, organizações como o World Economic Forum, ONGs, universidades, associações industriais, investidores e outras empresas na luta pela redução do impacto ambiental do plástico.

Liderado pela Fundação Ellen MacArthur em colaboração com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, o projecto prevê a definição de metas comuns para lidar com os resíduos de plástico e com a poluição que provocam.

«Os níveis de ambição devem continuar a subir de forma a serem dados passos reais no combate à poluição global de plástico até 2025, e a passagem do compromisso à acção é crucial. Grandes investimentos, inovações e programas de transformação precisam ser iniciados agora, para que possamos aferir o seu impacto até 2025», afirma Sander Defruyt, responsável do pacto New Plastics Economy.

Nesse sentido, o Continente está a desenvolver iniciativas para promover o uso responsável de plástico, tanto ao nível da marca própria como da logística, fornecedores e sensibilização do consumidor.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...