«Desaprendemos de colaborar e falar com os outros»

As “empresas inteligentes” do futuro serão aquelas que melhor souberem aproveitar as potencialidades da tecnologia, criando, ao mesmo tempo, um ambiente interno propício à criatividade e felicidade dos seus colaboradores, garante Christian Wehner, embaixador digital da SAP.

Texto de Daniel Almeida

Foto de SAP

Num mundo onde o conhecimento está cada vez mais disseminado e acessível a todos, e onde a inteligência artificial das máquinas ameaça suplantar, a prazo, a inteligência humana, é fundamental que as empresas deixem de competir pelo conhecimento e passem a fazê-lo pela criatividade, se se quiserem manter diferenciadoras e relevantes.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Maio de 2019 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Flash Talk: «O grande desafio no Turismo são as pessoas»
Automonitor
A primeira corrida de automóveis aconteceu há 125 anos