Exposição “Photo Ark” ruma ao Algarve

A exposição mais vista da National Geographic tem um novo destino no horizonte. Depois de ter atraído a atenção de cerca de 160 mil pessoas no Porto e em Lisboa, “Photo Ark” vai rumar a Vilamoura e por lá ficará entre 2 de Junho e 30 de Setembro.

As 83 fotografias que compõem a exposição poderão ser encontradas na Marina de Vilamoura. Ocupam 250 metros quadrados e incluem representações de 12 espécies fotografadas em Portugal. Joel Sartore, colaborador regular da revista National Geographic e mentor do projecto, esteve no País três vezes e conseguiu captar, por exemplo, a toupeira-de-água.

O “Photo Ark” tem como objectivo ser uma espécie de Arca de Noé fotográfica: Joel Sartore ambiciona fotografar as 12 mil espécies animais actualmente em cativeiro e alertar para o perigo de extinção de várias delas. É a exposição da National Geographic mais vista em todo o mundo, somando já cinco milhões de visitantes em 10 países.

«É com uma satisfação enorme que inauguramos esta edição do ‘Photo Ark’ em Vilamoura com o apoio da Câmara Municipal de Loulé e dos nossos parceiros da Art For You», comenta Luís Fernambuco, VP general manager da National Geographic Partners em Portugal.

De acordo com o responsável, a missão da National Geographic é promover a protecção e a conservação do planeta através de imagens e textos impactantes. «Ao trazermos esta emblemática exposição para o Algarve, queremos reforçar o nosso alerta para a preservação da biodiversidade e relembrar que, se nada fizermos, em 2100 metade de todas as espécies animais conhecidas poderão estar extintas», conclui.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Já conhece a nova directora de Recursos Humanos da Essilor?
Automonitor
Renault apostada na eletrificação em 2020