Garrett McNamara: «Sem a tecnologia, não estaria aqui»

No palco do evento SAP Now, Garrett McNamara demonstrou in loco como a tecnologia é crucial para a sobrevivência dos surfistas de ondas grandes. O atleta está também comprometido com a sobrevivência do planeta e, em Maio, vai liderar uma corrida ambiental de Lisboa à Nazaré.

Texto de Daniel Almeida

Foto de SAP

Habituado a aparecer em público em camisas de tons florais e coloridos, tipicamente havaianas, o surfista de ondas grandes, Garrett McNamara, subiu ao palco do SAP Now – o maior evento em Portugal da empresa especializada em solução de gestão empresarial –, no Centro de Congressos do Estoril, vestindo uma camisa branca lisa. Mesmo a uns metros de distância, esta não parecia uma camisa tradicional: o tecido era mais elástico do que o normal, tinha mais volume na zona do peito e umas abas junto aos ombros.

Após uma breve apresentação da MBoard, a prancha desenvolvida em parceria com a Mercedes-Benz, o surfista puxou as duas abas em simultâneo e, num ápice, a camisa insuflou. Depois de alguns segundos, puxou uma outra aba mágica e a camisa voltou à sua forma original. A peculiar peça de roupa trava-se, na verdade, de um colete criado no Reino Unido pela empresa Blue Soup, pensado para os surfistas de ondas grandes e que lhes permite vir à tona o mais rapidamente possível em situações de perigo. «É isto que nos mantém vivos lá fora», rematou.

Em entrevista à Marketeer, Garrett McNamara abordou a forma como a tecnologia tem ajudado a desenvolver a modalidade, mas também a sua relação com os patrocinadores, a gestão da sua marca e como “a” onda gigante (entretanto, já houve uma maior) embalou o País e a confiança dos portugueses.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Abril de 2019 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...