Parlamento diz adeus ao plástico no pão, fruta e legumes

A proposta do partido Os Verdes no sentido de proibir a utilização de plásticos ultraleves e cuvetes de esferovite no comércio de pão, fruta e legumes recebeu luz verde do Parlamento português. O projecto de lei foi aprovado por unanimidade, na generalidade, e deverá ser colocado em prática em Junho de 2020.

Segundo a proposta, devem ser disponibilizadas alternativas nos pontos de venda e as superfícies comerciais que não cumprirem ficarão sujeitas a penalizações – ainda por determinar. A ideia é pôr fim a todos os sacos de plástico com espessura inferior a 15 mícron, utilizados como embalagem primária para pão, frutas e legumes a granel, e ainda às cuvetes descartáveis destinadas a agrupar ou condicionar o mesmo tipo de alimentos.

O diploma segue, agora, para a 11.ª comissão parlamentar para discussão e possíveis alterações em sede de especialidade, segundo indica o Jornal de Negócios com base em informações da Agência Lusa.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...