Receitas da imprensa portuguesa devem cair 8% em 2013

press_2O sector da imprensa em Portugal deverá acumular receitas na ordem dos 520 milhões de euros este ano, menos 8% em relação a 2012, segundo o estudo sectorial DBK, divulgado pela Informa D&B.

De acordo com o documento, citado pela agência Lusa, a facturação da imprensa portuguesa tem vindo a cair desde 2008, sendo que no ano passado cifrou-se em 565 milhões de euros, menos 11% quando comparado com 2011. “O forte retrocesso do investimento publicitário e a desfavorável conjuntura económica têm afectado negativamente o volume de negócios no sector da imprensa nos últimos anos”, explica a Informa D&B.

No ano passado, o volume de negócios caiu 11,5% no segmento dos jornais, para 230 milhões de euros, e 10,7% no segmento das revistas, para 335 milhões. No final de 2012, existiam 230 jornais e 335 revistas em Portugal.

“O número de empresas editoras de imprensa mantém uma tendência decrescente, em paralelo com o decréscimo do volume de negócio”, adianta ainda o estudo, segundo o qual, entre 2004 e 2011, o número de publicações editadas em papel diminuiu de 1829 para 1047.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...