Unilever corta nas agências mas aumenta investimento

Há cerca de dois anos, a Unilever decidiu reduzir o número de agências com as quais trabalha, na sequência de um processo de reestruturação que ambicionava tornar o grupo mais eficiente. Contudo, o corte nas agências não foi sinónimo de redução do investimento em publicidade: a dona de marcas como Dove, Olá e Lipton gastou mais 300 milhões de dólares (cerca de 266,8 milhões de euros) em publicidade nestes dois anos do que no período homólogo anterior.

A informação é avançada pelo próprio CEO Alan Jope, no anúncio dos resultados do grupo relativamente ao primeiro trimestre deste ano. Em declarações reportadas pelo The Drum, o aumento de 300 milhões de dólares no investimento em publicidade diz respeito a working media e ponto de venda. Segundo o responsável, este valor é equivalente ao que seria gasto em produção ou fees de agências, por exemplo, «coisas que os consumidores não veem».

Desde que a Unilever começou a trabalhar com menos agências, a estratégia passa por desenvolver alguns projectos internamente com a ajuda dos hubs in-house U-Studio e U-Entertainment.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...